eloy-rodrigues--1-
Entrevista.com, 16.10.2006
Dr. Eloy Rodrigues, Director SDUM em entrevista
UMinho
Eloy Rodrigues, é desde 2002 o Director dos Serviços de Documentação da UMinho (SDUM) uma das mais importantes estruturas de apoio ao trabalho do conjunto da comunidade académica e da instituição universitária.

Eloy Rodrigues é Licenciado em História, variante em Arqueologia, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, especializou-se em Ciências Documentais, opção de Biblioteca e Documentação.

UMDicas - O que são os Serviços de Documentação da Universidade do Minho e qual a sua importância?
Eloy Rodrigues - De acordo com o Regulamento da Universidade do Minho os Serviços de Documentação (SDUM) constituem um sistema integrado que engloba todas as unidades funcionais de biblioteconomia e informação bibliográfica e todas as bibliotecas da Universidade. Os SDUM têm por missão facultar à Universidade os recursos bibliográficos e informativos necessários ao desempenho das actividades educativas e de investigação científica e tecnológica que aqui decorrem.
Entre outras actividades, os SDUM garantem o funcionamento diário das bibliotecas da Universidade, processam toda informação bibliográfica e documental adquirida ou subscrita pela Universidade (livros, revistas, bases de dados, etc.) e desenvolvem diversas acções que visam promover e facilitar o acesso às mais diversas fontes de informação.
Assim, os Serviços de Documentação constituem uma importante estrutura de apoio ao trabalho do conjunto da comunidade académica (alunos, docentes, investigadores e funcionários não docentes) e da instituição universitária (as unidades orgânicas da UMinho.).
UMDicas - Quais são os pontos de serviço dos SDUM?
E.R.  - Os principais pontos de serviço dos SDUM localizam-se nos dois campi da Universidade: a Biblioteca Geral da UMinho no campus de Gualtar e a Biblioteca da UMinho em Guimarães, no campus de Azurém. Ambas as bibliotecas visam servir o conjunto da população da Universidade.
Existem diversas outras bibliotecas, de carácter departamental (ligadas a Escolas, Departamentos ou outras unidades orgânicas da Universidade), a maioria das quais de dimensão reduzida, que são geridas directamente pelas unidades em que estão inseridas.
UMDicas - Que tipo de serviços prestam?
E.R. - Os Serviços de Documentação, através das bibliotecas que dirigem, prestam ou disponibilizam um vasto conjunto de serviços aos utilizadores da Universidade do Minho, nomeadamente: Consulta presencial dos fundos documentais das bibliotecas; Empréstimo de publicações para leitura domiciliária; Reprodução de documentos (impressão, fotocópia e digitalização), em regime de auto - serviço; Pesquisas em bases de dados bibliográficas, na Internet e em outros recursos de informação; Pesquisa e fornecimento de documentos legislativos de Portugal em suporte papel ou em formato electrónico; Assistência a pesquisas em bases de dados a pedido dos utilizadores; Obtenção, por cópia ou empréstimo inter-bibliotecas, e fornecimento de documentos não existentes nas bibliotecas; Aquisição de bibliografia e outros recursos de informação; Sessões de apresentação das bibliotecas e de formação dos utilizadores; Utilização de salas de estudo em grupo; Visualização de videocassetes e audição de CD's.
UMDicas - Que públicos podem ter acesso a estes serviços?
E.R.  - Todos os alunos, docentes e funcionários da Universidade do Minho, bem como as suas unidades orgânicas, podem ter acesso aos serviços disponibilizados pelas bibliotecas da UMinho Podem ainda ser utentes das bibliotecas, outras pessoas ou entidades estranhas à Universidade do Minho, desde que possuam cartão de utente, que é emitido pelos SDUM em condições que se encontram definidas. Os alunos estrangeiros, nomeadamente os alunos Erasmus, podem também aceder às bibliotecas, requisitar livros, e usar outros serviços, tal como os alunos regulares da Universidade.
Devo ainda referir que existe um serviço situado na Biblioteca Geral da Universidade, o ponto de informação da Rede de Informação do INE nas Bibliotecas Universitárias, onde o público em geral, mesmo sem qualquer ligação à UMinho, pode aceder ao conjunto da informação estatística e dos documentos publicados pelo Instituto Nacional de Estatística. Isto resulta do protocolo que a Universidade estabeleceu com o INE.
UMDicas - De onde podem estes públicos aceder à documentação dos SDUM?
E.R. - Para aceder à documentação "tradicional" (livros, revistas, etc.) os utentes devem deslocar-se a uma das bibliotecas. No entanto, os utentes podem solicitar em Braga livros que se encontram na biblioteca de Guimarães, e vice-versa, sem terem de se deslocar fisicamente à biblioteca a que pertence a publicação para a requisitar.
Quanto à documentação e recursos informativos digitais, ela pode ser acedida de qualquer ponto do campus, ou mesmo de qualquer lugar do mundo. Como a quase totalidade desses recursos pode ser acedida por qualquer computador com um endereço válido da rede da UMinho, em qualquer ponto dos campi, usando a rede "física" ou wireless, ou fora das instalações da UMinho, usando um dos serviços de acesso remoto oferecidos pelos Serviços de Comunicações da UMinho, os membros da Universidade do Minho podem aceder a essas fontes de informação em condições semelhantes às existentes nas bibliotecas.
UMDicas - O que necessitam de ter/fazer para aceder aos serviços?
E.R.  - Para poderem utilizar as instalações das bibliotecas e requisitar publicações é necessário possuir o cartão identificativo da Universidade do Minho, ou um cartão de leitor externo, emitido pelos Serviços de Documentação.
Quanto ao acesso aos recursos digitais, como já referi, é necessário aceder a partir de um equipamento com um endereço válido da rede da UMinho.
UMDicas - O que é a biblioteca digital?
E.R.  - Decidimos, há alguns anos atrás reunir no nosso Website, sob a designação de biblioteca digital, o conjunto de documentos, recursos informativos e serviços que disponibilizamos através da rede da U.M. e da Internet.
Queríamos reunir o conjunto de revistas em acesso e formato electrónico, os livros electrónicos (e-books ), as bases de dados e recursos de informação que a UMinho adquiria ou assinava. Ao mesmo tempo, queríamos colocar também aí documentos, "nascidos digitais", ou digitalizados, produzidos ou editados no interior da Universidade do Minho.
Presentemente, a secção biblioteca digital do Website dos SDUM (www.sdum.uminho.pt ), reúne o Portal de Pesquisa, o Catálogo Bibliográfico, a lista das revistas electrónicas disponíveis, a lista de outros recursos (bases de dados, etc.) acessíveis na U.M., as Edições Digitais dos SDUM, e o RepositóriUM, que tem sido um dos projectos e serviços em que mais temos investido.
UMDicas - Porque consideram o  RepositóriUM como um dos projectos prioritários? O que é exactamente o RepositóriUM e quais são os seus objectivos?
E.R.  - O RepositóriUM (que pode ser lido/pronunciado como uma única palavra latina, ou como Repositório UMinho) é o repositório institucional da Universidade do Minho. É um sistema de informação, criado em 2003, para recolher, preservar e divulgar o conjunto da produção intelectual (nomeadamente as publicações - artigos de revistas científicas, comunicações a congressos, livros e capítulos de livro, etc. - e chamada "literatura cinzenta" - relatórios técnicos, working papers , teses e dissertações, etc.) da Universidade do Minho e dos seus membros.
Os dois principais objectivos da constituição do RepositóriUM, são contribuir para aumentar o impacto da investigação desenvolvida na Universidade, aumentando a sua visibilidade e acessibilidade e facilitar a gestão da informação científica na Universidade do Minho. Esses dois objectivos têm uma importância estratégica para a Universidade. Por isso mesmo, a Reitoria, estabeleceu em 2004 uma política institucional de auto-arquivo da produção científica no RepositóriUM, e definiu um incentivo financeiro à sua aplicação em 2005 e 2006.
E é também para corresponder a essa orientação da Reitoria que os SDUM têm considerado o RepositóriUM como um projecto prioritário.
UMDicas - Existem indicações concretas de que o RepositóriUM contribui para aumentar a visibilidade do trabalho dos investigadores da UMinho?
E.R.  - Sim. Já me foram referidos casos de docentes e investigadores da UMinho que foram convidados para participar em projectos, ou para orientar doutoramentos, porque os seus trabalhos anteriores foram conhecidos e consultados através do RepositóriUM.
Para além disso temos estatísticas de acesso e downloads muito significativas...
UMDicas - Tem havido muitos downloads ? Do interior ou do exterior da U.M.?
E.R.  - Apenas desde Janeiro de 2006, ou seja em pouco mais de 9 meses, já contabilizamos quase 350.000 downloads, e devo sublinhar que excluímos os hits e downloads dos robots usados pelos motores de busca na Internet.
Do total de downloads, menos de 7% são realizados da rede da UMinho, cerca de 43% são realizados de computadores com endereços portugueses, cerca de 28% são realizados do Brasil e os restantes 22% de mais de 130 países e territórios do mundo, com destaque, por ordem decrescente, para os EUA, Índia, China, Espanha, Reino Unido, França, Alemanha, Itália e México.
UMDicas - Como podem as pessoas requisitar livros ou qualquer outro documento nos SDUM?
E.R.  - Para requisitar publicações nas bibliotecas da UMinho, os utentes devem recolher as publicações que pretendem requisitar das estantes respectivas e dirigir-se ao balcão de atendimento, onde lhes será solicitada a apresentação de um cartão identificativo (preferencialmente o cartão da UMinho).
Como já referi, se a publicação que quer requisitar pertencer ao fundo bibliográfico de uma biblioteca diferente daquela em que o utente se encontra, pode solicitar na mesma o empréstimo, sendo a obra enviada, logo que possível para a biblioteca onde o utente realizou o pedido de empréstimo.
Até ao final do período de empréstimo, os utentes podem solicitar a renovação dos empréstimos, nos balcões das bibliotecas, por telefone, ou através da Internet, via catálogo bibliográfico.
O utente perde o direito de renovar o prazo de empréstimo da publicação requisitada em seu nome se deixar ultrapassar a data limite de devolução, ou se a publicação estiver reservada por outro utente. Por conseguinte, aconselhamos que os pedidos de renovação, via telefone ou via web, não sejam efectuados no último dia do prazo.
UMDicas - A que tipo de documentação podem ter acesso as pessoas nos SDUM?
E.R. - Todas as publicações são requisitáveis, excepto publicações periódicas (revistas científicas, jornais, etc.), obras de referência (enciclopédias e  dicionários), material audiovisual, publicações do fundo de reservados e outras obras sinalizadas caso a caso.
UMDicas - O que mais procuram os públicos dos SDUM?
E.R. - Os serviços mais procurados continuam a ser os "tradicionais", ou seja a utilização das salas de leitura para consulta de publicações e estudo, bem como os serviços de empréstimo, para requisição de publicações para leitura domiciliária. No ano de 2005, apenas as duas principais bibliotecas da UMinho registaram a entrada de quase 3000 utentes por dia (um pouco menos 2000 na biblioteca geral em Braga e um pouco mais de 1000 na biblioteca de Guimarães).
Quanto ao serviço de empréstimo de publicações, registaram-se em 2005 quase 300.000 transacções de empréstimo (empréstimo, devolução, reserva e renovação), o que significa uma média de quase 1500 movimentos diários.
Tal como acontece na generalidade das bibliotecas, o número de empréstimos de publicações tem decrescido nos últimos anos, ao mesmo tempo que cresce o acesso e utilização aos recursos e serviços disponibilizados na biblioteca digital. Em 2005 registamos 157.000 visitas (mais 35% que em 2004) ao Website dos SDUM, com 896.000 páginas consultadas, 358.162 sessões no catálogo bibliográfico (mais 70% que em 2004), mais de 227.000 downloads de artigos de revistas e outros recursos disponíveis na B-on.
UMDicas - Sabemos que os SDUM não podem ter tudo o que o seu público necessita. O que fazem quando procuram algo que não existe nos SDUM?
E.R. - Em primeiro lugar tentamos perceber se o documento que o nosso leitor procura será um documento que tem apenas um interesse pontual para ele, ou se é um documento que irá ser procurado por muitos utentes.
Neste último caso, tentaremos adquirir o documento, com os nossos meios limitados, ou através do(s) departamento(s) que poderão ter maior interesse na aquisição da obra.
Caso a obra tenha um interesse limitado ao utente que a procura, procuraremos obtê-la (por empréstimo no caso de livros, ou por cópia no caso de artigos de revistas) junto de outras bibliotecas, nacionais e internacionais, com quem temos prática de empréstimo inter bibliotecas.
Em 2005 fornecemos aos nossos utentes mais de 1100 documentos nestas condições, e respondemos a mais de 600 pedidos de outras bibliotecas, para fornecer documentos do nosso fundo documental
UMDicas - Quais são as novidades dos SDUM para este ano lectivo?
E.R. - A principal novidade dos SDUM para este ano lectivo é a disponibilização do novo Portal de Pesquisa, que pensamos irá facilitar a pesquisa, localização e utilização do riquíssimo manancial de informação que está acessível aos membros da Universidade do Minho.
Para além deste novo serviço, e de algumas novidades relacionadas com o RepositóriUM que divulgaremos oportunamente, o ano lectivo de 2006/07 vai ser marcado por um forte trabalho nas infra-estruturas dos SDUM e das bibliotecas, mas cujos resultados só serão visíveis no final do ano lectivo, ou mesmo no início do ano de 2007/08. Refiro-me em particular ao alargamento das instalações da biblioteca geral em Gualtar, criando melhores condições de trabalho aos seus utentes, e possibilitando o funcionamento da biblioteca, ou pelo menos de parte dos seus espaços e serviços, em horários mais alargados. Mas refiro-me também às infra-estruturas tecnológicas, nomeadamente as informáticas, com a actualização/upgrade dos sistemas que usamos, o que permitirá melhor a qualidade e fiabilidade dos serviços da biblioteca digital, bem como lançar novos serviços, como a interacção entre os utentes e o sistema de gestão das bibliotecas através de SMS.
UMDicas -Referiu o Portal de Pesquisa dos Serviços de Documentação. Em que consiste e o que tem de novo?
E.R. - O novo Portal de Pesquisa é um novo serviço da secção Biblioteca Digital, cujo objectivo é integrar e facilitar a pesquisa nos diferentes recursos e serviços disponíveis na UMinho. O Portal de Pesquisa reúne o catálogo bibliográfico das bibliotecas UMinho, o RepositóriUM, as diversas bases de dados subscritas no âmbito da b-on, os restantes recursos subscritos pela Universidade do Minho e outros recursos seleccionados, disponíveis em acesso livre na web.
Talvez um exemplo permita tornar mais claro a novidade e a utilidade deste serviço. Até agora, quando alguém procurava bibliografia disponível na UMinho sobre um determinado assunto tinha de realizar 3 ou mais pesquisas em 3 ou mais sistemas diferentes. Por exemplo, teria de pesquisar o catálogo, o RepositóriUM e b-on. Com o novo portal de pesquisa é possível, de uma só vez e numa única pesquisa, interrogar e obter resultados do catálogo, do RepositóriUM e dos recursos relevantes presentes na b-on.
No novo portal, os utentes autenticados (usando as mesmas credenciais que utilizam no catálogo bibliográfico) podem ainda gerir uma área pessoal, que possibilita a criação personalizada de conjunto(s) de recursos, de uma lista de revistas favoritas, guardar registos de documentos em pastas pessoais, guardar o histórico de pesquisas e activar alertas bibliográficos
UMDicas -Como podem aceder a este serviço?
E.R. - O acesso a este serviço pode ser feito em condições semelhantes aos dos restantes serviços da Biblioteca Digital, já anteriormente referidas.
Ana Marques
anac@sas.uminho.pt
Arquivo de 2006