IMG_0883 a
Desporto, 03.12.2020 às 16:21
" Hidroginástica solidária" uniu exercício e solidariedade
Prática desportiva por alimentos foi o “emblema” da aula aberta de hidroginástica que decorreu ontem, dia 2 de dezembro, nas Piscinas Municipais da Rodovia. A ação solidária pretendeu ser uma oportunidade de promover a prática de exercício físico, em particular os desportos aquáticos, junto da comunidade académica, e angariar alimentos que irão reverter para uma instituição de solidariedade social.

Promovida pelo Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Acção Social da Universidade do Minho, a iniciativa, exclusiva para membros da comunidade académica, decorreu entre as 15h15 e as 15h45, arrecadando várias dezenas de alimentos que serão entregues a quem mais precisa.  

Adriana Araújo (doutoranda em Ciências da Educação – Tecnologia Educativa) tem na natação um estilo de vida e uma terapia. Não sendo praticante de hidroginástica, inscreveu-se na iniciativa pelo seu âmbito solidário, “quis vir e contribuir com alimentos para ajudar, sabemos que há muita gente a precisar”, disse. A doutoranda sublinhou ainda a salutar ação “exercitámos a nossa solidariedade, fazemos bem a nós próprios com o exercício e aos outros doando alimentos”.  

Também Cristiana Ribeiro, estudante da Licenciatura em Ciências da Computação não faltou à “chamada”. Frequentadora de aulas de natação/hidroginástica, realçou que por esta altura assistimos a muitas iniciativas solidárias, mas que fazem todo o sentido “é uma altura em que quem tem menos ainda se nota mais”, aplaudindo a iniciativa solidária “é mais uma ajuda a quem mais precisa”, realçou.  

Depois da animada aula com as professoras, Maria Mimosa e Tatiana Silva, também Daniela Berbeu (doutoranda em Estudos da Criança) se mostrava muito satisfeita com a iniciativa. Amante de desportos aquáticos, viu nesta aula uma excelente oportunidade para ajudar os outros, “aliar à diversão da aula o facto de poder ajudar alguém com alimentos é sempre bom. É uma excelente ideia que se devia fazer mais vezes”, afirmou. 

Redação

Arquivo de 2020