62520863_2232888423460769_2995820498769674240_o
Desporto, 06.06.2019 às 21:51
Universidade do Minho vai organizar o Europeu Universitário de Voleibol 2021
A Universidade do Minho (UMinho) vai organizar o Campeonato Europeu Universitário de Voleibol 2021, anunciou esta terça-feira, dia 5 de junho, a Associação Europeia de Desporto Universitário (EUSA). A cidade de Guimarães irá acolher o evento desportivo que será o sétimo europeu e a décima quarta grande competição internacional universitária da história da Academia Minhota.


A competição deverá decorrer entre os dias 25 e 31 de julho, contando com a participação de 16 equipas masculinas e 16 femininas.

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho) candidatou-se à organização da prova no início deste ano, vendo agora confirmadas pela EUSA as suas expectativas. O evento contará com o apoio da UMinho, através dos Serviços de Acção Social (SASUM), do Município de Guimarães, da Federação Académica de Desporto Universitário (FADU) e da Federação Portuguesa de Voleibol (FPV).

Quinze anos depois, a UMinho volta a ser palco de um Campeonato Europeu Universitário de Voleibol. Em 2004, a Academia Minhota organizou o primeiro Campeonato Europeu Universitário da sua história em Braga numa competição que marcou o início de um longo percurso na organização de grandes eventos desportivos europeus.

Este será o sétimo europeu universitário organizado pela AAUMinho. Depois do Voleibol em 2004, seguiram-se os Campeonatos Europeus de Basquetebol (2006), Taekwondo (2009 e 2011) e Andebol (2015). Em julho deste ano, Braga recebe o Europeu Universitário de Futsal.

Para o responsável pelo desporto na UMinho, Carlos Videira, esta atribuição “é mais uma prova de confiança da EUSA no que diz respeito à nossa capacidade organizativa. Representa também o reconhecimento do trabalho que temos vindo a fazer em prol do desporto universitário, em articulação com a FADU, mas também com autarquias locais e com os clubes desportivos da região que têm sido uma peça fundamental no nosso sucesso”.

O voleibol é uma modalidade com forte implementação na UMinho, nomeadamente através das sinergias estabelecidas com o Sporting Clube de Braga, na vertente feminina, e com o Vitória Sport Clube, na vertente masculina. Desta forma, “a organização do Campeonato Europeu Universitário de Voleibol será uma oportunidade para potenciar o alcance destas sinergias, potenciando o desenvolvimento de uma articulação cada vez maior entre o desporto universitário e o desporto federado, sobretudo no sentido da valorização das carreiras duais”, afirmou Carlos Videira.

Sendo esta a décima quarta grande competição internacional da história da UMinho, entre europeus e mundiais, para Nuno Reis, presidente da AAUMinho, a aposta nestas competições internacionais deve-se essencialmente a três fatores: “o impacto socioeconómico na dimensão académica e regional; a oportunidade de desenvolvimento da modalidade, no contexto universitário e local e o potencial que as mesmas podem ter em deixar um legado muito positivo na melhoria das competências e qualidades organizativas das entidades que compõem a comissão organizadora do evento.” O representante dos estudantes da UMinho realçou ainda que “estes fatores, alicerçados na certeza de que temos todas as condições para receber estes eventos, permitem-nos, repetidamente, desafiar as federações nacionais, europeias e internacionais de desporto universitário a entregar-nos estas organizações.”

Quinze anos depois da realização do primeiro Europeu, Nuno Reis garante que “a evolução da qualidade organizativa das competições que recebemos na UMinho tem sido notória. Não apenas pela óbvia evolução tecnológica, que vai permitindo uma maior eficiência e comunicação destes grandes eventos, mas também porque a experiência que vamos adquirindo nos permite, cada vez mais, receber com muita qualidade as centenas de competidores que nos vão visitando.” O Presidente da AAUMinho assinalou “a visibilidade da organização, a interação com a comunidade local e o desenvolvimento da modalidade no seio do desporto universitário e federado nacional”.

Texto: Ana Coimbra

Fotografia: Nuno Gonçalves

Arquivo de 2019