UMDicas_NG_4Tunao (178)
Cultura, 25.11.2019 às 15:39
Encanto, talento e diversidade marcam o IV Tunão
O Auditório do Conservatório de Música Calouste de Gulbenkian, em Braga, foi palco no passado dia 16 de novembro, da 4.ª edição do Tunão - Festival de Tunas Femininas, espetáculo que reuniu o talento e a alegria de várias tunas do país que encantaram todo o público presente.

Organizado pela Tun'ao Minho - Tuna Académica Feminina da Universidade do Minho, o IV Tunão contou com a participação, a concurso, da C'a Tuna aos Saltos - Tuna Médica Feminina da UBI, da TUNAFE - Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Porto, da TFMUC - Tuna Feminina de Medicina da Universidade de Coimbra e da Vibratuna - Tuna Feminina da Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro. Como grupos convidados, a noite contou com as atuações da TMUM - Tuna de Medicina da Universidade do Minho, dos Bomboémia, da Tuna Universitária do Minho e dos Jogralhos - Grupo de Jograis Universitários do Minho.

Diretamente de Vila Real, a Vibratuna presenteou o público com o instrumental das canções: “Revolução” e “Não hesitava um segundo” da fadista Ana Moura. As estudantes transmontanas levaram para casa o prémio de Melhor Solista.
“Valorizamos a partilha de diferentes conteúdos musicais bem como as vivências”, declara Flávia Costa, membro da tuna e estudante de mestrado em Performance Desportiva.

A TUNAFE começou com “Tamanco” e aproveitou a mistura dos ritmos e dos sons para uma homenagem à cidade do Porto com uma serenata, finalizando com a “Canção de Madrugar”. O grupo arrecadou o prémio de Melhor Instrumental.

A TFMUC optou por uma atuação mais autêntica com as músicas: “Pó de Estrelas”, “Cidade Amor” e “Em Pedaços”, esta referente à tradição do estudante de Coimbra que no final do curso rasga todo o seu traje.

Da Covilhã, a C’a Tuna aos Saltos foi a última a subir ao palco. Com as canções “Eterna Covilhã”, “Menina do Alto da Serra” e “Gabriela” foi a grande vencedora da noite com os prémios de Melhor Serenata, Melhor Pandeireta, Melhor Estandarte, Melhor Original e Melhor Tuna.

Os momentos de descontração estiveram a cargo do grupo de Jogralhos, com as suas habituais piadas, rimas e brincadeiras que muito divertiram o público.

Texto: Andreza Alves

Arquivo de 2019