55887753_10157518757929363_7604313900502220800_o
Cultura, 18.04.2019 às 11:45
Tun'Obebes encerra o período de Festivais com chave de ouro!
No fim-de-semana de 12 e 13 de abril, a Tun’Obebes esteve presente pela segunda vez consecutiva no XVIII Acordes, o festival de tunas femininas da ESE de Setúbal, tendo conquistado cinco dos prémios a concurso. Com este brilharete, do qual se destaca a conquista do prémio de Melhor Tuna, as “engenheiras” encerram com chave de ouro este período de festivais!

Num festival com duas noites distintas - a primeira noite de Serenatas à Cidade e a segunda noite de espetáculo - a tuna de Guimarães acabaria por não chegar a tempo da atuação na dita noite de Serenatas, pelo que não disputou esse prémio.

Estiveram então presentes a concurso a Egitúnica (Tuna Feminina do Instituto Politécnico da Guarda), a Feminis Ferventis (Tuna Académica Feminina da Universidade do Algarve), a TFISEL ( Tuna Feminina do Isel) e a tuna organizadora - Tuna Sadina.

Na noite do espetáculo, no Fórum Municipal Luísa Todi, a Tun’Obebes pautou-se pelos clássicos, tocando entre outros, o “Guimarães Preciosa” ou o hino “Memórias”. Terminada a sua atuação, e após a deliberação do júri, as “engenheiras” saíram de Setubal como as grandes vencedoras deste festival. Para Guimarães seguiram então cinco prémios: Melhor Tuna, Melhor Solista, Melhor Instrumental, Melhor Porta-Estandarte e Melhor Pandeireta

Francisca Cunha, uma das ensaiadoras da Tun’Obebes, afirma que "por detrás de uma atuação há muitas horas de esforço, dedicação e persistência. Não há nada melhor do que a sensação de trabalho recompensado, e este festival foi a prova disso!”.

Com esta conquista a Tun’Obebes já reservou a sua participação na próxima edição do Acordes, em 2020!

Fonte: Tun’Obebes

Arquivo de 2019