54521531_2367839396613450_3474639726558838784_o
Cultura, 20.03.2019 às 12:20
Cidade Berço festeja o 25º aniversário da Afonsina
A Afonsina, Tuna de Engenharia da Universidade do Minho, realizou nos passados dias 8 e 9 de Março, a décima quarta edição do seu festival, o Cidade Berço, que teve como palco o Grande Auditório do Centro Cultural Vila-Flor, e no qual a Afonsina celebrou o seu 25º aniversário!

No primeiro dia, a cidade de Guimarães foi presenteada com uma noite de diferentes emoções impulsionadas pelas serenatas interpretadas pelas diferentes tunas convidadas, entre elas as tunas femininas minhotas da Gatuna, Tun’Ao Minho e Tun’OBebes.

O Largo da Oliveira, que acolheu estes momentos musicais, permaneceu preenchido desde os instantes iniciais até ao fim desta noite de serenatas.

No dia seguinte, durante a tarde, as tunas dispuseram de um convívio realizado no jardim do Centro Cultural Vila-Flor onde partilharam momentos de música e boa disposição, tão caraterísticos deste festival.

Seria à noite que o Grande Auditório do Centro Cultural Vila-Flor receberia um público imenso que apareceria para disfrutar do espetáculo proporcionado pelas tunas a concurso, pela Tuna Universitária do Minho e pela tuna “da casa”, a Afonsina e apresentado pelo comediante vimaranense, Luís Vieira, que arrancou gargalhadas a todos os presentes.

Quanto às prestações das tunas a concurso, a Tuna Templária de Tomar, que também arrecadou o acarinhado prémio de Tuna Mais Tuna, levou consigo os prémios de Melhor Estandarte e de Melhor Serenata. A capacidade musical da Tuna Académica de Lisboa foi responsável pela conquista dos prémios de Melhor Tuna e de Melhor Prestação Musical. Os prémios de Melhor Solista, Melhor Instrumental e de Melhor Original seguiram para a Tuna Académica da Faculdade de Direito da Universidade do Porto enquanto que o prémio de Melhor Pandeiretas foi para os vianenses da Hinoportuna.

Por fim, a Afonsina, para celebrar os seus 25 anos de existência, preparou um conjunto de surpresas para o público presente, iniciando a sua atuação com um momento de grande significado realizado pelos tunos fundadores da tuna vimaranense e, de seguida, apresentando uma nova música original que levou o Grande Auditório ao rubro.

Foram dois dias de “serenatas e folia” que traduziu com fidelidade o quarto de século de histórias que esta tuna tem para contar e que a mesma tentou proporcionar à cidade de Guimarães que viu nascer a Afonsina."

Fonte: Afonsina

Arquivo de 2019