GMPAAUM
Cultura, 25.07.2018 às 09:47
I Encontro de Gerações do Grupo de Música Popular da Universidade do Minho
Com o objetivo da criação e do fortalecimento de relações inter e intrageracionais através de um convívio informal, foi no passado 14 de julho que o Grupo de Música Popular da Universidade do Minho (GMP) realizou o seu I Encontro de Gerações, no Festival Castro Galaico.

Com um pôr-do-sol alaranjado de fundo, foi ao ritmo do adufe que as primeiras cantigas foram surgindo, ora pelos elementos mais antigos, ora pelos mais novos, num clima de partilha genuína da cultura, envolvendo estes laços criados. Assim, foi ao longo de várias horas que o GMP mostrou que, efetivamente, faz jus à sua missão de valorização da música popular portuguesa, imperando a harmonia das vozes e das melodias populares tão ricas mas, infelizmente, por vezes, tão desprezadas.

Para Luís Veloso, um dos membros fundadores do Grupo de Música Popular, a grande importância deste encontro foi “sem dúvida, a possibilidade que se gerou de convivência entre as várias gerações”, ressalvando a oportunidade dos “mais velhos aprenderem e verem, de forma mais próxima, a evolução do projeto outrora criado e incentivarem os mais novos a continuarem”. Para além disso, alerta para a partilha não só de música como também de vivências e de histórias das mais diversas gerações, assim como o sentimento transmitido que “não sendo tarefa fácil, com esforço, gosto e dedicação, é possível ir levando o barco”.

Para o grupo, o I Encontro de Gerações do GMP teve um balanço positivo, com satisfação notória a todas as gerações.

Depois do sucesso desta primeira edição, ficou a promessa de continuar a realizar esta iniciativa e o convite, uma vez mais, aberto a toda a comunidade, para participar no II Encontro de Gerações do Grupo de Música Popular da Universidade do Minho, a ocorrer no próximo ano.


Texto: GMP

Fotografia: Armando Raft

Arquivo de 2018