augustuna--3-2018magna
Cultura, 19.03.2018
III Magna Augusta traz animação às ruas de Braga!
Braga
O III Magna Augusta, festival de tunas organizado pela Augustuna decorreu este fim-de-semana, 17 e 18 de março e trouxe às ruas de Braga muitas melodias e diversão. Os tripeiros da Tuna do Distrito Universitário do Porto foram os grandes vencedores ao levarem para a Invicta cinco dos prémios a concurso!

S. Pedro ajudou à festa e fez brilhar o sol na tarde de sábado, o que permitiu a "Ronda" das tunas pela cidade. Começando na zona Sé de Braga e terminando nas Arcadas, a melhor "Ronda" foi feita pela Estudantina Académica de Lamego, que assim ganhou o primeiro prémio a concurso!


À noite, já no palco da Gulbenkian, a Augustuna abriu o espetáculo com "Vinho do Porto" e "Fado Gingão", passando a vez à Estudantina Académica de Lamego que teve uma boa demonstração de pandeiretas, levando o Prémio de "Melhor Pandeireta".

A "TASCA", por ter sido a tuna mais animada durante o fim de semana, levou para casa o prémio de "Tuna Mais Tuna".

Quem se seguiu foi a Tum'Acanénica, tuna irmã da Augustuna, e que participou no festival como Tuna Extraconcurso. Esta duas subiram a palco em conjunto para tocarem a música "Linda Leiria".

A última atuação a concurso foi da Tuna do Distrito Universitário do Porto, que foi a Tuna a Concurso que mais se destacou, levando o prémio de "Melhor Tuna", "Melhor Porta Estandarte", "Melhor Solista", "Melhor Instrumental" e "Melhor Arranjo Vocal".

A finalizar, houve ainda tempo para a Augustuna entrar em palco e fechar com "chave de ouro" mais uma bela noite de tunas na cidade dos arcebispos.


A apresentação deste Magna Augustuna foi mais uma vez feita pelos Jograis, que com o seu sentido de humor e crítica social, arrancaram muitas gargalhadas à plateia!

Texto: Redação

Fotografia: Augustuna


(Pub. Mar/2018)

Arquivo de 2018