iv-lira145-edited-1
Cultura, 28.03.2018
Gatuna conquista os prémios de Melhor Instrumental e Melhor Solista.
Braga
No passado dia 24 de Março a Gatuna subiu novamente a palco, desta feita em Braga, na IV edição do Lira, onde arrecadou os prémios de melhor instrumental e melhor solista.


O Lira, Festival de Tunas Femininas organizado pelaTuna Feminina da Universidade Católica Portuguesa de Braga, contou com a presença de três tunas a concurso: TFIPCA - Tuna Feminina do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave,  Tôna Tuna - Tuna Feminina Universitária de Bragança e Gatuna - Tuna Feminina da Universidade do Minho.

O espetáculo, que teve início pelas 21h30 na Aula Magna da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais de Braga, ficou marcado pelas boas performances das tunas que subiram a palco e pela boa disposição que estas mostraram durante todo o espetáculo.

Perante um público expectante, a Gatuna foi a segunda tuna a atuar. As de verde iniciaram a sua participação com a música brasileira "Baiána", ao que se seguiu o seu instrumental "Maxixando", que viria a arrecadar o prémio de Melhor Instrumental.

A música de solista, "Cavaleiro Andante", da autoria de Rui Veloso, deu à Gatuna o prémio de Melhor Solista. Para encerrar a atuação em grande, as de verde tocaram o seu original "Braguesa", prometendo que para o ano regressariam para mais uma noite de melodias!

"Ter ganho o prémio de melhor solista foi um desejo realizado. Estava nervosa por não ter muita experiência como solista, mas a sensação de estar em palco apazigua qualquer nervosismo. Ganhar prémios é um dos objetivos, e saber que contribuí para a gatuna levar mais um para casa, enche me de alegria e alento para conquistas futuras", palavras de Ana Margarida Pereira, a solista da Gatuna.


Texto: Redação 


(Pub. Mar/2018)

Arquivo de 2018