umdicas-ng-tomadaarcum2018--1-d
Cultura, 30.01.2018
ARCUM: Nova liderança… a mesma ambição!
Os novos órgãos sociais da Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho (ARCUM) liderados por André Marcos, aluno da licenciatura de História, tomaram posse no passado dia 26 de janeiro, cerimónia essa que decorreu na sede da Associação.

Com mais de um quarto de século e um trajeto irrepreensível na defesa, divulgação e preservação da cultura da academia minhota, a ARCUM entra num novo ciclo da sua existência.

João Soares, que liderou os destinos da Associação em 2017 foi o primeiro a ter a palavra. Num discurso pragmático, mas também emotivo, destacou as 220 atuações dos grupos que compõem a ARCUM, bem como os inúmeros eventos e digressões realizadas por estes, que são demonstrativos e prova da vitalidade desta Associação.

Após as protocolares assinaturas, coube ao novo presidente, André Marcos proferir um breve, mas conciso discurso, no qual apontou como objetivos para o seu mandato "manter o legado que nos foi deixado e fazer crescer ainda mais esta associação (...), manter a qualidade dos eventos organizados e fazê-los crescer, alcançar novos públicos e abraçar novos projetos".

A terminar, houve ainda tempo para uma garantia por parte do Reitor, Rui Vieira de Castro, que para além dos parabéns ao trabalho desenvolvido, afirmou que "já estão em curso algumas iniciativas para traçar um plano de intervenção para resolver as carências mais urgentes da sede da ARCUM".

Texto e Fotografia: Nuno Gonçalves


(Pub. Jan/2018)

Arquivo de 2018