img7939fb--1-
Cultura, 08.06.2016
Tunadão encanta noites bracarenses
Braga
O XXVI FITU (Festival Internacional de Tunas Universitárias) ficou mais uma vez marcado por grandes atuações, momentos de pura magia musical e por uma portentosa performance da Tunadão, que para além de ter conquistado o prémio de Melhor Tuna, levou consigo para Viseu mais quatro distinções!

Theatro Circo e Tuna Universitária do Minho são sinónimos de excelência, garantias de que quando se adquire um bilhete para o FITU está-se a garantir uma experiência única e memorável.

Nesta 26ª edição, o imenso público presente teve a oportunidade de assistir mais uma vez ao que de melhor se faz musicalmente, quer nas nossas universidades, quer nas universidades fora das nossas fronteiras.

Um bom exemplo disso foi a Tuna da Faculdade de Direito da UNAM (México) que venceu o prémio de Melhor Solista. Foi uma arrepiante atuação que levou todo um Theatro Circo a erguer-se e a aplaudir de forma efusiva!

Quem também teve uma prestação notável, mas nas ruas da Bracara Augusta, foi a Tuna Universitária UNED de Ponferrada, que venceu o prémio Pasacalles... arrebatando alguns corações pelo caminho.

Agora sem voz, de volta ao palco e com sangue lusitano, o Melhor Instrumental foi para os "amarelos" da Tuna de Medicina do Porto, que em 2015 haviam vencido Melhor Tuna.

E é agora que começa o "festival" da Tunadão!


Os de Viseu, com uma atuação daquelas de ficar na memória, conquistaram os corações do público e do júri. No total, foram cinco os prémios conquistados pela Tunadão: Melhor Tuna, Melhor Porta-Estandarte, Melhor Pandeireta, Tuna Mais Tuna e Prémio Ibero-Americano.

Os prémios de Segunda Melhor Tuna e Terceira Melhor Tuna foram respetivamente para a Desertuna -Tuna Académica da Universidade da Beira Interior e para a Tuna de Engenharia da Universidade do Porto.

Foram dois dias memoráveis de música, diversão, confraternização e amizade, onde, sem dúvida alguma, quem saiu a ganhar foi o público presente no Theatro Circo e a cidade de Braga, por mais uma vez terem sido palco para tão importante evento cultural!

Texto e Fotografia: Nuno Gonçalves


(Pub. Jun/2016)

Arquivo de 2016