umdicas-ng-1dezembro2010--124-
Cultura, 20.03.2013
“Serenatas ao Berço" trouxe misto de culturas e tradições das diferentes zonas do país
UMinho
Organizado pela Tun'Obebes - Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho, a sétima edição do Festival "Serenatas ao Berço" decorreu no passado dia 16, no Auditório Nobre da Universidade do Minho, em Guimarães, tendo distribuído prémios pelas quatro Tunas a concurso. O festival destacou-se pelo misto de culturas e tradições das diferentes zonas do país, sagrando a "Melhor Tuna", a TFMP - Tuna Feminina de Medicina do Porto.

As Tunas em competição vieram do Porto, Coimbra, Santarém e Lisboa, e todas levaram prémios para casa. A TFMP conquistou os prémios de "Melhor Tuna" e de "Melhor Serenata". Já a FANS - Tuna Feminina da Universidade de Coimbra, aliou a "Melhor Solista" ao prémio de "Tuna Mais Tuna", enquanto que a LUSITANA, Tuna Feminina da Universidade Lusíada de Lisboa, levou para a capital os prémios de "Melhor Instrumental" e "Melhor Pandeireta". Para a TUFES, Tuna Feminina Scalabitana da Escola Superior de Educação de Santarém, ficou reservado o prémio de "Melhor Porta-Estandarte". Inês Sousa, membro da TFMP, referiu que a competição "teve uma componente de palco muito boa". Joana Sousa, elemento da TUFES, felicitou ainda a boa organização do Festival, acrescentando: "fomos muito bem recebidas em Guimarães".

As Tunas brindaram o público com diversos ritmos musicais, com composições originais e readaptações de músicas de artistas portugueses como os Madredeus, Amália Rodrigues, Ritual Tejo e Dulce Pontes. As FANS entraram em palco a cantar um fado ao som de tambores. O palco ganhou nova luz enquanto a sua música ganhou cor também. Tocaram ritmos mais alegres e saíram do palco a desfilar. A temática das relações amorosas pautou as escolhas musicais da TFMP. As pandeiretas e o porta-estandarte não pararam, numa prestação muito agitada, a "puxar pelo público". A atuação da LUSITANA ficou marcada pela coreografia elaborada das pandeiretas, que presentearam ainda os espetadores com três rosas vermelhas. A TUFES entrou, continuou e terminou em festa, interpretando músicas animadas, com muita alegria e confetis à mistura.

A Tun'Obebes encerrou as atuações. As caloiras da Tuna subiram ao palco vestidas ao estilo rock and roll , ao som de uma música da banda "Xutos e Pontapés", com uma letra readaptada sobre a vida de caloira da Tuna. As restantes "Tun'Obebes" encheram o palco tocando mais quatro músicas.

A Afonsina, Tuna de Engenharia da Universidade do Minho, também marcou presença no Festival, numa atuação repleta de humor. "Os moços do Teatro" foram os apresentadores do espetáculo, com algumas encenações alusivas a cada Tuna, fazendo antever quem se seguia em palco, entre os risos conquistados da plateia.

A vinda de Tunas de diferentes locais do país para o "Serenatas ao Berço", teve uma razão de ser. Segundo Carla Castro, membro da Tun'Obebes, ela e as restantes organizadoras tentaram "trazer as várias culturas e tradições das diferentes zonas do país". Adelina Pereira, membro da mesma Tuna, acrescentou que "o Festival, no geral, correu bem".

Texto: Filipa Correia


(Pub. Mar/2013)

Arquivo de 2013