default-header-news
Cultura, 24.02.2013
Gatuna ganha prémio de “Melhor Tuna” em Aveiro
UMinho
No passado fim-de-semana, decorreu em Aveiro o Festival de Tunas Femininas, organizado pela Tuna Feminina da Associação Académica da Universidade de Aveiro, XV Noite de Serenatas Femininas, no qual a Gatuna saiu vencedora.


O Festival iniciou na sexta-feira, pelas 21h30, no Glicínias Plaza, numa noite de fados, oferecida a todos os que presentes no shopping de Aveiro. A Gatuna representou o Minho com um fado de Amália Rodrigues, "Formiga Bossa Nova", e o "Fado Toninho", dos Deolinda.

O dia de sábado começou com um almoço que reuniu todas as tunas participantes no festival, no centro da bonita cidade de Aveiro. Seguiu-se uma tarde repleta de atividades, onde a Gatuna pode aprender as mais diversas danças tradicionais portuguesas, a fazer ovos-moles, e ainda houve tempo para um passeio de moliceiro.

O festival propriamente dito começou às 21h, no Centro Cultural e de Congressos de Aveiro e teve como tunas concorrentes: Tuna Feminina de Medicina da Universidade de Coimbra (TFMUC), Tuna Feminina do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (TFISEL), Tuna Feminina da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto (TESUNA). Atuaram também a Tuna Feminina da Associação Académica de Aveiro (TFAAUAv) e a Tuna Universitária de Aveiro (TUA). O festival contou ainda com a participação especial da banda ?Pé na Terra?.

A Gatuna abriu a sua atuação, cheia de ritmo, com a música "Color Esperanza", passando a um registo mais calmo e romântico com "Zorro". Mostrou todo o seu orgulho na Pátria com o "Fado Português", música solada por um dos elementos do grupo. Antes de terminar a sua atuação, a Gatuna tocou "Deja Loin", um instrumental de Yann Tiersen, que contou com uma dança em forma de combate com a utilização da capa do traje e de bandeiras. A Gatuna encerrou a sua prestação com uma música de pandeiretas "Pensando em Ti", do já extinto grupo português Gemini.

Além do prémio de "Melhor Tuna", a Gatuna trouxe para casa também o prémio de "Melhor Pandeireta" e "Melhor Serenata".

"É sempre um prazer participar em festivais de tunas, conhecer novas cidades e levar o nome da Universidade do Minho connosco, mas sentimos o dever cumprido quando trazemos prémios para casa!" (Teresa Carneiro)


Fonte: Gatuna


(Pub. Fev/2013)

Arquivo de 2013