default-header-news
Cultura, 15.11.2012
21 ª Edição do Prémio Victor de Sá de História Contemporânea
UMinho
No Conselho Cultural da Universidade do Minho, reuniu o júri do Prémio de História Contemporânea, que foi presidido pelo Professor Viriato Capela, da Universidade do Minho e que contou como vogais, com o Professor Jorge Alves, da Universidade de Porto e o Doutor José Neves da Universidade Nova de Lisboa.

Trata-se de um Prémio instituído há 21 anos pelo Doutor Victor Sá, para premiar trabalhos de investigação 
sobre História Contemporânea de Portugal, que distingue jovens investigadores e que se tornou o mais prestigiado Prémio, nesta área a nível nacional. 


A concurso estavam 17 obras, numa edição muito participada como aliás já se vem tornando um hábito, o que demonstra quer o prestígio alcançado quer a vitalidade da historiografia portuguesa contemporânea. Os premiados em 2012 apresentaram-se a concurso com teses de doutoramento.

Foram premiadas: 
1º Prémio
- Joana Rita da Costa Brites, com a obra - "O Capital da Arquitectura (1929-1970) Estado Novo, Arquitectos e Caixa Geral de Depósitos".

Menção Honrosa
- Ana Mónica Rôla da Fonseca, com a obra - "«É Preciso Regar os Cravos!» A Social-democracia alemã e a transição para a democracia em Portugal (1974-1976)".

Em Dezembro ocorrerá a sessão pública da atribuição dos Prémios bem como a apresentação do trabalho vencedor, de cuja data daremos conta oportunamente.

Fonte: Conselho Cultural da UMinho


(Pub. Nov/2012)
Arquivo de 2012