default-header-news
Cultura, De 21.03.2011 a 25.03.2011
Orquestra Académica da UMinho representa Portugal num festival em França
França
A Orquestra Académica da Universidade do Minho participa de 21 a 25 de Março no Festival Internacional Transeuropéennes, em Roeun, noroeste de França, que junta um milhar de músicos de vinte países e espera mais de 30 mil espectadores.

Pelo segundo ano seguido, esta orquestra representa Portugal no evento, tido como uma referência do género na Europa. O colectivo minhoto vai realizar dois concertos de preparação: amanhã, dia 3, às 21h15, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, e sábado, dia 5, às 21h30, no Parque de Exposições de Braga.

Os espectáculos vão incluir os temas "Romeu e Julieta" de Tchaikovsky, "Estepes da Ásia Central" de Borodine, "Concerto para Violino e Orquestra" de Conus e "Danças de Galanta" de Kodaly. Dirigida por Jean-Marc Burfin e com o solista Miguel Simões (violino), a Orquestra Académica da UMinho actua no Transeuropéennes no dia 22, no Centro Voltaire de Déville les Rouen, e ainda no dia 24, também às 20h30, na Grande Capela de Saint-Aubin-lès-Elbeuf.

A Orquestra Académica da UMinho é formada por alunos de licenciatura em Música do Instituto de Letras e Ciências Humanas. Neste projecto conta com jovens convidados de outras escolas do país e músicos da Orquestra da UMinho. Já se apresentou em diversas cidades, tendo maestros como Pedro Neves, Vitor Matos e Toby Hofmann, solistas como os pianistas Pedro Burmester e Luís Pipa e colaborações ao vivo com projectos como a Tuna Universitária do Minho. No presente ano lectivo tem agendadas actuações em várias salas de Portugal, França e Itália.

Texto: Redacção

(Pub.Mar/2011)

Arquivo de 2011