livro-original
Cultura, 14.02.2011
A Biblioteca Pública convida
UMinho
A Biblioteca Pública de Braga convida a comunidade académica para a sessão de lançamento do livro "TRAJECTÓRIA DE ALFREDO GUISADO E A SUA RELAÇÃO COM A GALIZA (1910-1921)" de Carlos Pazos Justo, que se realiza dia 24 de Fevereiro no Museu Nogueira da Silva.
A Biblioteca Pública de Braga, unidade cultural da Universidade do Minho, terá o maior gosto em contar com a sua presença na sessão de lançamento do livro

TRAJECTÓRIA DE ALFREDO GUISADO E A SUA RELAÇÃO COM A GALIZA (1910-1921)



de Carlos Pazos Justo

Fruto no essencial da Tese de Mestrado defendida pelo autor no Instituto de Letras e Ciências Humanas da UM, esta obra foi galardoada em 2010 com o Prémio de Investigação Linguística e Literária "Carvalho Calero"  organizado pela Câmara Municipal de Ferrol e a Associação Cultural Medúlio

A obra, será apresentada pelo Doutor Carlos Cunha , Professor do Instituto de Letras e Ciências Humanas da UM, em sessão a realizar no dia 24 de Fevereiro de 2011, às 18 horas, no Museu Nogueira da Silva (Av. Central, 31 - BRAGA)

Neste estudo, Carlos Pazos Justo, com o propósito geral de avançar no conhecimento que até à actualidade se tem construído à volta de Alfredo Pedro Guisado (1891-1975), analisa a trajectória literária do autor no sistema literário português, desvendando, por exemplo, a sua vinculação ao grupo do Orpheu de Fernando Pessoa. Por outro lado, o livro esclarece a relação entre Alfredo Guisado e a Galiza - espaço mais obscuro na actualidade - e, nomeadamente, com o emergente campo cultural galego, com o intuito de enquadrar o texto guisadiano "Xente d'a aldea. Versos Gallegos" publicado em Lisboa em 1921. Deste modo, no relativo à relação guisadiana com a Galiza, e em função do objecto de estudo definido, o estudo debruça-se, por exemplo, sobre as características das relações galaico-portuguesas ou o fenómeno migratório galego em Lisboa, pois o produtor em foco manteve ao longo do período proposto, com maior ou menor intensidade segundo a altura, uma ligação importante com o movimento associativo da colónia galega em Lisboa e, por meio desta e das sazonais estadias na terra dos seus pais, Ponte-Areas / Mondariz, com os movimentos políticos e culturais coetâneos da Galiza.

"Trajectória de Alfredo Guisado e a sua relação com a Galiza (1910-1921)"é fruto no essencial da tese de mestrado defendida por Carlos Pazos Justo no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho em Fevereiro de 2009 sob a orientação dos Professores Carlos Manuel Ferreira da Cunha e Elias J. Torres Feijó. A obra agora apresentada resultou ganhadora no mesmo ano do XVII Prémio de Investigação Linguística e Literária "Carvalho Calero" organizado pela Câmara Municipal de Ferrol e a associação cultural Medúlio.

(Pub.Fev/2011)

Arquivo de 2011