pedro-silva-1
Cultura, 11.01.2011
Aluno da UMinho é o único português na Orquestra do YouTube
UMinho
O trompetista Pedro Silva, finalista da licenciatura em Música na UMinho, é o único português a integrar a Orquestra Sinfónica do YouTube. Os 104 elementos desta orquestra mundial, quatro deles trompetistas, foram eleitos após várias audições na Internet e têm o concerto de estreia a 20 de Março, na Ópera de Sydney, Austrália. Pedro Silva, de 20 anos e natural de Santa Maria da Feira, já tinha sido escolhido para integrar a The Worlds Orchestra 2010/11.

"Estou ansioso pela primeira actuação, porque é uma nova experiência e vou aprender muito mais. Todos os músicos sonham tocar em grandes palcos e será uma honra ser orientado pelo maestro Michael Tilson Thomas", diz Pedro Silva. A distinção deixou-o "surpreendido": "Sempre tive alguma esperança em ser escolhido, mas não pensava ser possível entrar num projecto deste nível". A sua formação na Universidade do Minho decorre em regime pós-laboral, o que "traz vantagens, fica-se com todo o dia para estudar e crescer musicalmente".

Melhores foram escolhidos online

A Orquestra Sinfónica do YouTube nasceu em 2009 como a "primeira orquestra colaborativa do mundo". Os intérpretes prestam provas em vídeo, são avaliados via Internet por um júri que escolhe os finalistas e estes são votados online pelos internautas. Na primeira edição concorreram 3.000 músicos de 70 países, sendo escolhidos 94, entre os quais o violinista português Tiago Santos. Em 2010 candidataram-se cerca de 10.000 intérpretes e o júri escolheu 336 finalistas, incluindo quatro portugueses - a flautista Ana Carina Sousa, o violinista Nuno Vasconcelos, o trompetista Luís Duarte Moreira e o oboísta Samuel Bastos.

Pedro Silva frequenta o 3º ano da licenciatura em Musica na Universidade do Minho, área de Interpretação, variante de Instrumento (Trompete), com os professores Vasco Faria e Pierre Dutot. Iniciou os estudos aos 11 anos na Tuna Musical de Fiães. No ano seguinte ingressou na Academia de Musica de Santa Maria da Feira, onde esteve até 2007. Concluiu o 8º Grau no Conservatório de Musica de Fornos há dois anos. Participou em diversos masterclasses, sob a orientação de John Aigi Hurn, Steve Mason e Spanish Brass luur Metals. É membro da Banda e Orquestra Sinfónica de Santa Maria da Feira e do quinteto de metais Feira Brass. Participou em estágios da Orquestra de Câmara do Minho, da Banda Sinfónica da Covilhã e tocou a solo com a Orquestra Sinfónica do Conservatório de Fornos. Fez várias digressões Internacionais, nomeadamente a Espanha, Brasil e Alemanha.

Texto: GCII

(Pub. Jan/2010)

Arquivo de 2011