default-header-news
Cultura, 11.02.2010
Apresentação da obra "Memorias fotobiograficas de Camilo Castelo Branco"
Museu Nogueira da Silva
A Biblioteca Pública de Braga apresenta no próximo dia 11 de Fevereiro o volume "Memórias Fotobiográficas de Camilo Castelo Branco", de José Viale Moutinho. A obra será apresentada por Henrique Barreto Nunes, antigo director da Biblioteca Pública de Braga, em sessão a realizar no Museu Nogueira da Silva, em Braga, na próxima quinta-feira, dia 11 de Fevereiro, pelas 21h30.

O livro, editado pela Caminho, permite-nos reconstituir o percurso biográfico, geográfico e literário de Camilo, através de centenas de ilustrações que nos restituem os lugares em que viveu e por onde passou, fotos da família e amigos, reproduções de capas de livros e manuscritos, etc., tudo isto pontuado por textos do autor ou de biografos e especialistas da sua obra que completam e enriquecem as imagens, divididas em capítulos antecedidos por breves introduções contextualizantes.

José Viale Moutinho nasceu no Funchal em 1946, mas viveu quase sempre no Porto, onde foi jornalista, trabalhando antes da sua aposentação no "Diário de Notícias". Vários das suas crónicas e reportagens estão reunidas em livros em que predominam temas relacionados com o nosso património cultural ou com Guerra Civil de Espanha.

É conhecido sobretudo como ficcionista e poeta e nessa qualidade esteve em diversas ocasiões em sessões promovidas pela Biblioteca Pública de Braga.

A sua obra poética (1973-2003) está reunida no volume "Sombra de cavaleiro andante" (2003), sendo o seu último título "são coisas tais efeitos só do acaso?" (2009).

Na ficção publicou diversos livros de contos de que se destacam, entre os mais recentes "Cenas da vida de um minotauro" (Grande Prémio do Conto da APE, 2000) e "Destruição de um jardim romântico". No romance, relevo para "Los moros".

Além de vários trabalhos no campo da literatura popular, é autor de livros para crianças (31 títulos), tendo-lhe sido consagrado, nessa qualidade, o último número da revista "Solta Palavra".

Tem-se dedicado ao estudo de diversos autores oitocentistas, com destaque para Camilo Castelo Branco, do qual reeditou diversas obras, publicou correspondência, organizou antologias de textos ("Poses para um retrato na época" e "Camilo Castelo Branco: ideias e factos" e editou um livro reunindo alguns textos da sua autoria ("Quinteto camiliano").

Além de ter organizado diversas exposições sobre espólios camilianos, foi membro da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da Morte de Camilo (1990).

(Pub. Fev/2010)

Arquivo de 2010