umdicas-al-arcum
Cultura, 20.06.2008
ARCUM em festa na cidade de Braga
Braga
A Associação Recreativa e Cultural Universitária do Minho (ARCUM) realizou, no passado dia 13 de Junho, um Sarau Cultural no palco da Avenida Central, em Braga. Este espectáculo comemorativo dos 17 anos da ARCUM contou com a participação dos grupos que constituem esta associação.
Com uma temperatura bastante agradável, algumas dezenas de pessoas aguardavam o início deste espectáculo.
O primeiro grupo a entrar em palco foi o grupo de percussão da Universidade do Minho Bomboémia. Com um ritmo contagiante, os Bomboémia fizeram toda a gente dançar ao seu ritmo, interagindo com o público ao sabor do som dos seus tambores.
Trinta minutos depois, o Grupo Folclórico da Universidade do Minho iniciou a sua actuação. Em altura das Festas dos Santos Populares, a actuação deste grupo teve bastante adesão. Quem sabia dançar, mostrava os seus dotes e quem não tinha tanto jeito para o ?bailarico?, tentava imitar.
O Grupo de Poesia da Associação Recreativa e Cultural Universitária do Minho veio resfriar um pouco os ânimos dos espectadores. A movimentação da dança foi substituída pela atenção aos versos proclamados ao som da música. As palavras de António Gedeão romperam a noite morna de Braga.
Já passava um pouco das 23h30 quando o Grupo de Música Popular da Universidade do Minho iniciou a sua actuação. Com muita energia e muita cor, este grupo levou ao rubro os espectadores, fazendo-os dançar e, inclusivamente, cantar as músicas mais conhecidas.
Depois de 2 horas preenchidas com vários espectáculos, a Tuna Universitária do Minho encerrou este Sarau Cultural. Esta actuação foi culminada com uma enorme salva de palmas que mostrava o regozijo dos espectadores.
No Sábado, foi a Associação Recreativa e Cultural Universitária do Minho (ARCUM) organizar um pic-nic entre os seus associados para encerrar as actividades comemorativas do seu 17º aniversário.
 A Associação Recreativa e Cultural Universitária do Minho (ARCUM) é um projecto cultural e recreativo que existe na Universidade do Minho desde 1991. Ao longo deste tempo, tem procurado, através das actividades que realiza, acompanhar o crescimento da Universidade, bem como divulgar as tradições académicas e a região minhota, no país e no estrangeiro.
Texto: Alex Sousa Carvalho
Arquivo de 2008