default-header-news
Cultura, De 05.03.2007 a 30.03.2007
Exposição sobre Miguel Torga
Biblioteca Pública de Braga
A BPB promove a realização de uma exposição bibliográfica sobre o escritor, intitulada "De seguro/apenas posso dizer que havia um muro"

A Biblioteca Pública de Braga, unidade cultural da Universidade do Minho, não podia deixar passar em claro o centenário do nascimento de Miguel Torga, que ocorreu em S. Martinho de Anta (Sabrosa) em 12 de Agosto de 1907.

Não esquecendo que a edição portuguesa mais recente, posterior a 1976, pertencente a esta Biblioteca, se encontra disponível para consulta e empréstimo  na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, a BPB consegue apresentar a totalidade da obra de Torga, em muitos casos em 1as. edições.
É possível ainda revelar dois dos seus primeiros livros de poesia assinados  com o seu nome verdadeiro, Adolfo Rocha ("Tributo" de 1931 e "Abismo" de 1932), bem como o primeiro em que adopta o pseudónimo de Miguel Torga ("A terceira voz", 1934).
Na exposição apresentam-se as obras de Torga organizadas por géneros ou temas: os "Diários" (16 volumes 1941-1993), a poesia e o teatro, a ficção, livros de temática diversa (entre os quais Portugal, de 1950, no qual Braga não sai muito bem tratada), traduções (em francês, inglês, romeno e chinês) algumas revistas em que colaborou (destacando-se o nº 19 da Presença de 1927, no qual publica pela 1ª vez um poema, ainda sob o nome de Adolfo Rocha) e ainda alguma bibliografia passiva.
A exposição organizada pela Biblioteca Pública de Braga pode ser apreciada durante o mês de Março nos dias úteis das 9 às 12.30h e das 14 às 17.30 h.
A BPB aproveita para informar que no dia 16 de Março promoverá o lançamento da obra "Jornais diários portugueses do século XX: um dicionário", de Mário Matos e Lemos, com apresentação do Doutor Luís Reis Torgal, professor da Faculdade Letras da Universidade de Coimbra e do Doutor Manuel Pinto, professor do Instituto de Ciências Sociais da UM.
Arquivo de 2007