mob--2-fdsgv
Academia, 10.03.2015
MMOB: Mudança de hábitos e atitudes já levou a uma redução de cerca de 50% dos desperdícios
UMinho
A luta contra o desperdício alimentar na Universidade do Minho (UMinho) começou há cerca de um ano e meio, com a mobilização de um grupo de alunos que formaram o "MOVIMENTO MENOS OLHOS DO QUE BARRIGA - MMOB". As suas ações têm levado à mudança de hábitos e atitudes comportamentais o que já se refletiu numa surpreendente redução de cerca de 50% dos desperdícios alimentares produzidos nas cantinas da Academia Minhota.


Quando o projeto contra o desperdício alimentar foi lançado (outubro de 2013), as cantinas da UMinhogeravam, à data, cerca de quatro toneladas de resíduos alimentares por mês, sendo que uma parte significativa resultava dos alimentos deixados nos tabuleiros. Após este trajeto de ano e meio, as mesmas cantinas produzem cerca de metade desses resíduos alimentares, o que para a Diretora do Departamento Alimentar dos Serviços de Ação Social da UMinho, Celeste Pereira "é o melhor resultado que alguma vez poderíamos esperar!"

O lançamento deste "movimento" partiu diretamente dos Serviços de Ação Social, que preocupados com o volume de desperdícios alimentares das suas cantinas, lançaram o desafio aos alunos do curso de Ciências da Comunicação para apoiarem na idealização do projeto, sendo o objetivo transmitir aos jovens a noção e consciencialização das consequências do desperdício, para além das preocupações com um ambiente sustentável.

Ao longo deste percurso, o MMOB levou a cabo várias ações, em forma de chamada de atençãoeconsciencialização , promoção de hábitos, sensibilização e mudança de atitudes, sendo que a aceitação e entendimento acerca do projeto por parte dos estudantes da UMinho e restante comunidade foi notável, e os resultados estão à vista!

A mudança de hábitos e atitudes comportamentais é algo que normalmente leva bastante tempo e por vezes os resultados demoram até serem visíveis, o que neste caso, e ao cabo de ano e meio, uma redução de 50% veio surpreender, não só os responsáveis do Departamento Alimentar como o grupo de alunos que dão "vida" ao MMOB.

A Universidade do Minho continuará a sua aposta nesta luta contra o desperdício alimentar e levará o seu MMOB o mais longe possível, sendo o "salto" para fora dos muros da Universidade o seu próximo passo!

Facebook do movimento em www.facebook.com/MenosOlhosDoQueBarriga?fref=ts

Texto: Ana Coimbra

Fotografia: MMOB

Arquivo de 2015