ad2014-ghj--1-
Academia, 18.12.2014
Escola de Direito da Universidade do Minho comemorou 21º aniversário
UMinho
A Escola de Direito da Universidade do Minho comemorou, no passado dia 16 de dezembro, o seu 21º aniversário. A cerimónia, que teve lugar no Auditório Nobre da Escola, contou com a presença de Martim de Alburquerque, Carla Calheiros e o reitor António Cunha.


Na comemoração o professor Martim Albuquerque proferiu uma comunicação com o tema "O Problema da Europa". A mesma fez uma abordagem à importância da Justiça que deve, no fundo, pautar o Direito e a Lei.

O professor, tendo feito uma incursão histórica sobre a ligação de Portugal à Europa e a importância dessa ligação, focou também os problemas decorrentes da abertura da Europa Ocidental à Europa de Leste.

Afirmando-se adepto da Europa e do lugar de Portugal no "velho continente", Martim de Albuquerque mostrou dúvidas quanto à integração imediata, sem prévia preparação, de países com valores e culturas diferentes. Por fim, fez uma análise de alguns problemas inerentes ao conceito jurídico de soberania.

De seguida, coube a Carla Calheiros, presidente da Escola de Direito, tecer algumas palavras. Segundo a docente, a crise económica não "permitiu aumentar o corpo docente". Ainda assim, confessou que o aumento significativo da oferta formativa foi possível devido "a um aumento da carga de trabalho".

Segundo Carla Calheiros, a procura pelo curso de Direito - diurno e nocturno - tem registado, nos últimos anos, valores recorde, já que existem "8 alunos para cada vaga do curso". Isso leva a que, de acordo com a docente, "as médias de acesso se tornem das mais elevadas do país".

A cerimónia distinguiu também Joana Polónia, aluna da Escola, através da entrega da carta de curso e do prémio Almedina, pela sua média de 16 valores.

A comemoração do 21.º aniversário da Escola de Direito ficou ainda marcada pela presença de António Cunha, reitor da UMinho.


Texto: Telmo Crisóstomo 

Fotografia: Nuno Gonçalves


(Pub. Dez/2014)

Arquivo de 2014