default-header-news
Academia, 13.02.2008
Trajectórias Tecnológicas
Centro de Ciências e Tecnologias da Computação Departamento de Informática Anfiteatro A2
Palestra ''Trajectórias Tecnológicas: Inovação, Evolução e Extinção'', por José Luiz Moutinho

Quarta, 13 de Fevereiro de 2008, 14H30

Inovações tecnológicas são frequentemente associadas a um objecto ou a um serviço específicos, congelados no tempo e no espaço. No entanto, para se compreender os processos de evolução tecnológica, é necessário ampliar o campo de visão à volta do objecto ou serviço inovador e perceber as trajectórias e as decisões e que os construíram. Inovar é tornar o invisível visível.

José Luiz Moutinho é Biólogo, com Bacharelato em Zoologia, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1981; Arquitecto, formado pela Universidade Santa Úrsula no Rio de Janeiro, em 1988, com equivalência conferida pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa em 1989; Mestre em Engenharia e Gestão de Tecnologia pelo Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento (IN+) do Instituto Superior Técnico em 2005; e, actualmente, é Estudante de Doutoramento em Design da Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa, centrando a sua investigação no âmbito das Bibliotecas Públicas sob o tema:

''Design of Interactive Spaces'':

reconfiguring public spaces for the new artifacts, interfaces and behaviors of the digital era". Como biólogo estudou e publicou vários artigos científicos sobre Orquídeas e Bromélias, tendo sido homenageado com uma orquídea em seu nome, maxilaria moutinii.

Como arquitecto assinou vários projectos em Portugal, Brasil, Albânia e Espanha. Em 1995 fundou a primeira empresa Portuguesa dedicada à Internet, denominada Tinta Invisível, que se transformou num modelo empresarial para as empresas de tecnologias de informação e comunicação.

Após a fusão da Tinta Invisível com a multinacional Neoris, da Cemex, em 2001, dedicou-se ao estudo informação e à prestação de serviços de consultoria científica sobre políticas públicas para a sociedade da informação, desenvolvimento regional e cidades digitais. Recentemente, em 2006, fundou a empresa Mirror Neurons, dedicada à inovação, investigação e desenvolvimento de produtos e serviços baseados no conhecimento.

--

Orgão de Divulgação & Imagem

Departamento de Informática

Universidade do Minho

António Costa e António Esteves

Arquivo de 2008